top of page

BLOG DA
BLR DATA

Fique por dentro das últimas notícias e conteúdo sobre Gestão e Governança de Dados

Entenda a diferença entre Governança de Dados e Governança da Privacidade


Governança de Dados e Governança da Privacidade são conceitos diferentes. O entendimento dos objetivos de cada função é fundamental para a realização de cada trabalho. A Governança da Privacidade é aplicada nos dados considerados “pessoais”. Tem como base um direito humano fundamental, a privacidade, e seus esforços, no Brasil, se dão prioritariamente ao cumprimento dos requisitos legais estabelecidos atualmente pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).


Já a Governança de Dados tem um escopo de atuação junto aos dados mais amplo. Governa-se dados de qualquer natureza, como pessoas físicas, jurídicas, produtos, serviços, transações de compra, venda, contratos, movimentações financeiras e quaisquer conceitos de dados que estejam alinhados com a estratégia corporativa de cada empresa. O escopo abrange a governança da Arquitetura de Dados, dos Metadados, dos Dados Mestres, da Qualidade dos Dados, da Modelagem dos Dados, dos ambientes analíticos, dos dados não estruturados etc.


Vale ressaltar que seus esforços não se concentram totalmente em atividades de controle, recomendadas pelos frameworks e metodologias de Gestão de Dados e outras referências técnicas, mas sim em levar o tema “dados” para discussão em todos os patamares da empresa, principalmente no estratégico, e a partir daí, incentivar e acompanhar as ações de melhoria com os dados, visando cada vez mais torná-los reconhecidos como importantes meios para a empresa obter vantagem competitiva no mercado.


Essas diferenças não estão tão claras no mercado. Ainda é muito comum encontrar pessoas afirmando que a Governança da Privacidade é a Governança de Dados e vice-versa. Programas de Adequação à LGPD devem focar na Governança da Privacidade.


Governar dados não é tratar somente dos dados pessoais. Muitas empresas caem nesse erro e na prática, ficam perdidas, sem uma definição clara dos objetivos e uma identidade própria do Programa de Governança de Dados. Por outro lado, a Governança e Dados acaba por facilitar a implantação de um Programa de Governança da Privacidade. Alguns controles são comuns como por exemplo: identificação dos gestores da informação, mapeamento dos dados (no caso da LGPD os dados pessoais), etc., porém não são suficientes em totalidade para implementar os requisitos da LGPD.


Se você gosta dos nossos posts, compartilhe e divulgue o nosso trabalho. Contribua para que este conteúdo chegue a mais pessoas.


Quer saber mais sobre a implantação de Programas de Governança de Dados? Entre em contato conosco. Será uma satisfação conversar com você.

Comentarios


Implemente a Governança de Dados
 em sua empresa com o nosso
 Assessment
Assessment.jpg
bottom of page